Reflexão oportuna

"reflexão oportuna"

Neste momento tão inesperado que vivemos seria interessante fazermos uma reflexão, uma reflexão oportuna. Afinal, de uma hora para outra, fomos chamados à reclusão e introspecção. Então, que tal olharmos para tudo isso e vermos as oportunidades por trás de todo esse cenário que, muitas vezes, parece apocalíptico? O que podemos perceber disto tudo? Quais as reflexões necessárias para podermos superar todo este caos?

Em uma sociedade cada dia mais globalizada e interligada, notícias do mundo inteiro chegam em nossas casas e nos solapam com medo e insegurança. Um medo e uma insegurança que, provavelmente, nunca vivemos.

Somos lembrados a cada notícia que somos seres frágeis. Que nosso corpo é frágil. Como pode um ser tão minúsculo, que não conseguimos ver a olho nu, mudar a rotina de todo um planeta??? Como entender que de um dia para outro somos convidados a não irmos mais para nossos trabalhos, não podemos mais abraçar os outros e nem mesmo apertar a sua mão?

E, continuamos tentando entender o que está acontecendo….

O que está acontecendo?

No entanto, ainda é muito cedo para concluirmos qualquer coisa. A única coisa que sabemos é que temos que evitar aglomerações; evitar que nossos perdigotos voem mais de meio metro de distância; evitar colocar as mãos na boca, olhos e nariz; evitar abraços, evitar beijos e apertos de mãos. Evitar, evitar, evitar….

De repente somos sacudidos com uma série de recomendações que nos parecem insanas. Será uma histeria coletiva ou, realmente, posso morrer se ficar perto de alguém a menos de um metro de distância?

Então, pensamos: “Já que não temos a resposta para todas essas questões, o melhor é cumprir o que estão nos dizendo para fazer.” Mas, isso pode acabar gerando mais medo e insegurança….

A paz e tranquilidade que nossos corações estão pedindo não virá das notícias dos jornais, TV’s e internet. Muito pelo contrário…. O excesso de informação só vai trazer cansaço mental, fadiga, ansiedade e tristeza.

Então, que tal aproveitarmos esse tempo para meditarmos a fim de aquietarmos nossas almas e nosso espírito? Que tal nos distanciarmos um pouco de todo esse pânico e medo e buscarmos em nós mesmos a resposta para essa paz que nossos corações tanto buscam?

Toda crise gera oportunidade. Será que essa não é a oportunidade para refletirmos sobre todos os excessos que estamos cometendo? Excesso de trabalho, excesso de informação, excesso de consumo, excesso de comida, excesso do excesso?

Que tal aproveitarmos o tempo livre para nos conectarmos com nossa essência? Arrumar os armários talvez seja uma boa pedida; assistir alguns filmes que nunca saem daquela lista enorme; ler aqueles livros que estão há um tempão naquela pilha pode ser algo salutar para nos ajudar a entrar em outro estado mental, um estado mental mais saudável. Práticas como o ho’oponopono podem ser muito benéficas neste momento. Se quiser saber um pouco mais sobre o ho’oponopono, veja este link.

Talvez esta seja a oportunidade para olharmos para as nossas sombras e fazermos esta reflexão em momento tão oportuno. Para as sombras do coletivo…. Reconhecer as sombras deste momento e, também, as luzes e oportunidades de crescimento e evolução. Este é o momento para o re-ligare,  veja neste texto

Se olharmos por este prisma, poderemos tirar grandes lições deste retiro forçado por tempo indeterminado…. A serenidade e confiança está dentro de nós. 

Confie!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.