O que é ansiedade de separação?

pug+ansiosoAnsiedade de separação é um problema comportamental crítico, que causa grande stress emocional tanto para os cachorros como para seus tutores. Pode acontecer em cachorros de qualquer idade ou raça e, infelizmente, é uma das razões mais comuns de eutanásias em cachorros ou abandono de animais.

Muitos cachorros com comportamento normal dormem, latem normalmente, ou mordem seus brinquedos quando deixados sozinhos em casa ou em um ambiente sem acesso ao seu tutor. No geral, eles fazem o que costumam fazer quando você está com ele.

Mas, para quem tem cachorro com ansiedade de separação torna-se muito difícil sair de casa e deixar o cachorro sozinho. Um dos sintomas de que o cachorro sofre de ansiedade de separação são latidos e grunhidos incessantes; arranhar o chão indiscriminadamente; roer os móveis de casa; destruir cortinas; levantar os carpetes; subir em estantes; destruir as plantas do jardim; arranhar janelas e portas.

É bom lembrar que cachorros saudáveis têm esse comportamento uma vez ou outra. Mas, cachorros com ansiedade de separação agem dessa maneira sempre que são deixados sozinhos. E, aqueles com severa ansiedade de separação podem até acidentar-se em janelas de vidro – tentando a todo custo encontrar seu tutor, ter sangramentos nas bocas e patas devido a automutilação, e defecar e urinar em qualquer lugar e a todo momento. Seus uivos, latidos e grunhidos podem levar a sérios problemas de relacionamento com vizinhos e proprietários de imóveis.

Detectando a ansiedade de separação – sinais e sintomas

york+ansiosoA ocorrência da ansiedade de separação em cachorros é muito bem documentada, pois é bastante parecida com o distúrbio em humanos. Esta desordem de comportamento ocorre mais frequentemente em filhotes, da mesma maneira que acontece em bebês e crianças pequenas. Muitos veterinários consideram este comportamento normal em filhotes novos. No entanto, quando o distúrbio acontece em cachorros mais velhos, pode-se considerar que é um sinal de alarme.

É muito comum filhotes sentirem-se ansiosos ou abandonados quando os humanos os deixam sozinhos. Como eles foram afastados da mãe, os filhotes estão no meio de um processo de transição crítico. Se eles receberem treinamento adequado e sentirem-se unidos aos seus tutores, a maioria conseguirá inserir-se na rotina da família.

Um cachorro com ansiedade de separação torna-se anormalmente ansioso quando separado de seu tutor. Brincar com seu bichinho de pelúcia favorito pode não interessar ao cãozinho quando o dono não está por perto. Inevitavelmente, os proprietários do animalzinho se sentirão culpados, ou pior, vão culpar o cachorro. Falta de treinamento apropriado e/ou desatenção do dono pode levar o cachorro a ter um comportamento inadequado.

A severidade da ansiedade de separação e os comportamentos que o cachorro exibe variam de caso para caso.

* Alguns cachorros tornam-se ansiosos e seguem o dono por todas os cômodos do ambiente.
* Outros cães conseguem tolerar ficar sozinhos em uma sala mas costumam checar constantemente se o dono está em casa, e voltam para a atividade anterior.
* Outros cachorros não ficam ansiosos até que o dono realmente saia de casa.
* Alguns cachorros têm um período de tempo em que sentem-se bem sozinhos, mas tornam-se ansiosos se o proprietário se ausenta por longos períodos.

cachorro+uivandoEsta ansiedade, geralmente, aumenta quanto mais tempo o tutor se ausentar. E, isso pode se transformar em comportamentos como:
* Ganidos, latidos e uivos;
* Manias e hiperatividade;
* Salivação em excesso;
* Escavação, arranhar chão e portas, ruminar;
* Urinar e defecar em lugares impróprios;
* Destruição dos próprios brinquedos e objetos da casa.

Em casos severos, os cachorros tendem a:
* Desenvolver desordens alimentares e comportamento letárgico;
* Quebrar os próprios dentes de tanto ruminar;
* Quebram as unhas e machucam a pele tentando sair de suas caixas;
* Destroem portas e quebram janelas para escapar do local em que estão a medida que a ansiedade aumenta.

Cachorros com ansiedade de separação também costumam apresentar uma reação exagerada quando os tutores voltam para casa:
* Choram, pulam nos donos ou correm em círculos;
* Este comportamento continua por um bom tempo, mesmo depois de seus donos já estarem em casa. E, alguns cachorros terão essa resposta exagerada mesmo que seus donos tenham ficado fora de casa por pouco tempo.

Uma indicação importante de que seu cachorro está sofrendo de ansiedade de separação é o tempo de duração do comportamento inadequado e se seu cachorro apresentar um ótimo comportamento quando você está junto, mas transformar-se em um monstrinho destruidor quando você o deixa sozinho.

Leave a Reply

Your email address will not be published.