A energia de cura do Reiki

O ato de impor as mãos sobre alguma região do corpo para aliviar a dor ou, simplesmente, transmitir bem-estar é tão antigo quanto a vida na face da Terra. O corpo humano irradia calor e energia. Essa energia é a fonte da vida em si e tem tantas denominações quanto as civilizações que já existiram em nosso planeta.

No livro “In Search of the Energy Healing – Em Busca da Energia Curadora”, Mary Coddington, conta a história dessa energia em várias culturas. Os Hunas, da Polinésia, chamam essa energia de cura de Mana, enquanto os índios americanos iroqueses a chama de Orenda.  Na Índia, é conhecida como Prana e Ruach, em hebraico, Barraka em países islâmicos e Ch’i, na China.

Alguns agentes de cura a chamam de Energia Orgone (William Reich), Magnetismo Animal (F.A. Mesmer) e Archaeus (Paracelso). No Japão, a energia é chamada de Ki e é dessa palavra que o Reiki tem sua origem.

Ch’i ou Ki é um tipo de energia elétrica que o corpo produz e determina seu estado de saúde. Quando o Ki deixa o organismo, a vida cessa. Ch’i ou Ki é a energia essencial da vida na Terra. Tudo que tem vida contém Ki e o irradia – é a energia biomagnética da aura.

A palavra Rei quer dizer energia universal, ou seja, está presente em tudo e em todos. Pesquisas a respeito do significado mais esotérico sobre o kanji “Rei” apontam para uma compreensão mais profunda do seu uso na palavra “Reiki” que quer dizer Consciência de Deus ou Consciência Espiritual. Por isso dizemos que a energia Reiki é inteligente e não precisamos direcioná-la para obtermos resultados positivos.

O Reiki é o encontro dessas duas forças (Rei+Ki). Ao sintonizarmos com esta energia, estamos nos harmonizando e fortalecendo nosso poder natural de autocura, entendendo por cura não um processo de eliminação de doenças, mas um estado de equilíbrio, tornando-nos seres mais integrados e saudáveis. Por meio dos símbolos do Reiki, o iniciado pode ajudar o paciente a equilibrar seus corpos físico, emocional, mental e espiritual.

A energia Reiki cura a pessoa como um todo. Ao curar uma dor de cabeça, por exemplo, o processo pode curar outros órgãos e níveis. Embora o agente de cura esteja com as mãos na cabeça da pessoa, muitas dores de cabeça têm sua origem no sistema digestivo.  

Se a dor de cabeça é causada por um distúrbio intestinal, a energia vai para o intestino, tanto quanto para a cabeça que dói. Ambas as áreas estão no plano físico. Se a dor de cabeça tem origem emocional – por exemplo, tensão excessiva –, o Reiki também atua neste nível. DA mesma forma, se a origem da dor de cabeça for de origem no nível mental ou espiritual do corpo, esta será curada. Se a pessoa que recebe a cura tem outra doença, talvez um alergia, o Reiki será útil nesse aspecto, independentemente de o agente de cura saber ou não.

O Reiki não tem qualquer contraindicação e tem sido utilizado aliado à medicina tradicional com sucesso. O Reiki costuma ter resultados significativos em pacientes em processos pós-operatório, acelerando sua recuperação e promovendo tranquilidade durante o processo. Nestes casos, é recomendado que seja utilizado antes e após a cirurgia

Agende uma sessão e receba todos os benefícios da energia Reiki:

Contato: (11) 97280-1410

E-mail: juliana.parlato@gmail.com

Leave a Reply

Your email address will not be published.